Wikimedia Portugal no Processo Estratégico em 2019

Post escrito por Gonçalo Themudo e Lucas Teles

Read this post in English

Em setembro passado, a Wikimedia Portugal teve a oportunidade de sediar um salão de estratégia com seus membros e convidados. Esta postagem do blog nos dirá como foi a experiência deles e trará um pouco da história do capítulo.

por sanjorgepinho, CC-BY-SA 4.0

História do capítulo e interesse no Processo Estratégico

A Wikimedia Portugal foi fundada em 2009 e tem atualmente cerca de 50 membros. Após um longo período de inatividade, uma reativação entrou em vigor durante 2018 e 2019 e vários programas estão sendo implementados e desenvolvidos. Várias parcerias com instituições de ensino superior e professores foram iniciadas e eles organizaram o Wiki Loves Monuments e o Wiki Loves Earth em Portugal.

Como resultado dessa reinicialização do capítulo e para evitar algumas das armadilhas que os assombravam no passado, eles estão constantemente discutindo como crescer de forma sustentável. O Processo Estratégico está sendo considerado por eles como uma oportunidade única para que seus membros discutam como o Movimento pode se desenvolver em todo o mundo e afetar o resultado das discussões. É também o formato perfeito para tentar entender como as discussões mais amplas que acontecem em todo o mundo e as oportunidades e desafios que a direção estratégica trará podem ser traduzidas em oportunidades e desafios para esse afiliado.

Embora nenhum falante do português tenha participado dos Grupos de Trabalho, muitos acompanharam de perto o desenvolvimento de recomendações e compartilharam opiniões em todas as etapas. Os membros da comunidade têm participado ativamente das discussões relacionadas ao processo estratégico através dos canais de comunicação mais ativos: Meta, Telegram e várias listas de e-mail.

O evento

O evento ocorreu no dia 15 de setembro de 2019 no Hotel Cristal Porto, na cidade do Porto, Portugal. Todos os membros afiliados foram convidados através de sua lista de discussão, incluindo os recém-chegados ao movimento. Vários interessados em potencial que moravam na área também foram contatados diretamente para garantir que se sentiriam motivados a participar. O evento conseguiu reunir sete participantes, quatro dos quais eram wikimedianos experientes. A maioria dos recém-chegados já participava de projetos da Wikimedia e estava interessada em conhecer o movimento com mais detalhes.

Por GoEThe, CC-BY-SA 4.0

O salão começou com uma breve recepção de Gonçalo Themudo, Presidente da Wikimedia Portugal e também o contato estratégico do capítulo. O processo estratégico foi explicado, cobrindo todas as etapas que foram seguidas até aquele momento e o que era esperado do salão naquele dia. Como alguns dos participantes eram relativamente novos no movimento, dedicou-se algum tempo para explicar a estrutura atual do movimento: o que é a Fundação Wikimedia, a estrutura geral dos afiliados (capítulos, grupos de usuários e organizações temáticas) e a interdependência dos projetos. Foi solicitado aos participantes que se apresentassem e explicassem seu envolvimento ou interesse no movimento Wikimedia.

Ao planejar o salão, foi uma recomendação geral que, dos nove temas, dois deles fossem discutidos com mais foco. Os selecionados foram: Funções e Responsabilidades e Desenvolvimento de capacidades. No entanto, o salão foi realizado em setembro, após a Wikimania e a publicação dos rascunhos das recomendações pelos Grupos de Trabalho. Por conta disso, eles discutiram algumas das recomendações que chamaram a atenção dos participantes em vez de discutir os documentos de definição de escopo. A discussão foi animada em muitos pontos, e continuou até as 19:00, com uma pausa para o café no meio. Às 19:00, o salão foi fechado e os participantes foram convidados para jantar em um restaurante a uma curta distância do hotel.

Ideias discutidas

Com relação à recomendação n° 9 do Grupo de Trabalho sobre Diversidade: A maioria dos participantes sentiu fortemente que a aceitação de uma licença não comercial no Commons causaria mais mal do que bem. Os principais pontos contrários levantados foram que isso complica a reutilização de nosso conteúdo mais adiante e que a usabilidade de licenças não comerciais para fins educacionais é duvidosa. Alguns participantes chegaram a dizer que o Wikimedia Movement deveria recomendar ao Creative Commons que a licença do tipo CC-NC não seja mais encorajada ou deveria ser abolida. Como vantagem, alguns participantes mencionaram que a Wikimedia provavelmente poderia hospedar dez vezes mais conteúdo do que agora. A opinião de consenso era, no entanto, que as dificuldades eram maiores que as vantagens.

Houve alguma discussão sobre a descentralização da estrutura formal do movimento, incluindo a alocação de fundos e doações. Alguns dos participantes acreditam que os fundos gerados em alto grau pelo trabalho voluntário não foram facilmente acessíveis fora da WMF e de grandes capítulos. Embora este ano a Wikimedia Portugal tenha conseguido atrair fundos da WMF, houve algumas preocupações com a instabilidade de regras relacionadas, por exemplo, com o Rapid Grants, e com a possibilidade de solicitar fundos para projetos com um valor menor que 500 dólares americanos.

Isso levou a uma discussão sobre a instabilidade da nomenclatura de alguns sites e serviços, como o Tool Labs / Tool Forge, e a proposta de mudança de marca da Wikimedia Foundation. Em particular, houve alguma discordância sobre se a mudança de nome para a “Wikipedia Foundation” era oportuna, particularmente com o surgimento do Wikidata como um projeto vibrante e exponencialmente crescente nos últimos anos. Uma visão alternativa expressa pelos participantes foi a de que é natural que ocorra o rebranding para o produto mais conhecido do movimento. Uma visão consensual foi a de que esse rebranding não é um aspecto crucial no momento para o Movimento Wikimedia..

Ainda sobre as recomendações relativas à descentralização, apesar de os participantes sentirem que algum grau de descentralização foi positivo, uma preocupação foi levantada sobre a remuneração desigual em todo o mundo pelo mesmo trabalho. Trabalhos técnicos nos EUA, e particularmente na área de São Francisco, são bem remunerados, enquanto o mesmo trabalho em outras partes do mundo, incluindo Portugal, pode não ser tão bem remunerado. Portanto, deve-se tomar alguns cuidados para garantir que, se a descentralização avançar, algumas garantias em relação às condições de trabalho, remuneração justa e equilíbrio trabalho / vida pessoal sejam feitas para um padrão mínimo ético e um padrão-ouro para todos os trabalhos da Wikimedia.

Sentimento dos participantes e o que aprenderam

Todos os participantes gostaram do fato de as comunidades estarem sendo consultadas e terem voz no processo estratégico. Os recém-chegados sentiram alguma dificuldade em discutir alguns pontos, porque seu conhecimento das complexidades do movimento ainda não havia se consolidado, mas eles foram capazes de fornecer ideias de organizações que eles conheciam de suas próprias experiências, o que foi apreciado pelos wikimedianos mais experientes.

No final, foi gratificante sentir que eles fazem parte de um movimento global e que sua voz pode ser ouvida e importa em um processo tão complexo. A comunidade está realmente interessada em como a recomendação será consolidada e, em seguida, implementada, e espera que as mudanças propostas fortaleçam as comunidades ao redor do mundo e aproximem os afiliados e nos permitam alcançar melhor nossos objetivos e a missão geral do movimento de compartilhar a soma do conhecimento humano livremente.


Compliments? Comments? Questions? Go to discussion